Críticas

Alice In Borderland: Leia nossa critica da série da netflix

Leia nossa crítica sobre a série Alice In Borderland da Netflix, série ja é sucesso na plataforma de streaming.

A série de suspense é baseada em um manga lançado em 2014 e tem principal foco em um jogo de cartas onde as pessoas precisam sobreviver a desafios para continuarem vivas.

ATENÇÃO: PODEM CONTER ALGUNS SPOILERS

O personagem principal  “Arisu”  Kento Yamazaki, está com seus amigos correndo e entram em uma cabine, ao saírem de lá misteriosamente todos, ou quase todos, da cidade desapareceram e eles não sabem onde podem estar.

A partir dai começam a aparecer sinais e pedir que eles se dirijam a determinados locais da cidade e chegando nos locais designados percebem que não estão sozinhos. Uma voz em um celular dado a cada um deles e aos demais diz missões baseadas em cartas de baralho, quanto maiores são os números das cartas, maiores são os desafios e a chance de escapar reduz.

Eles precisam pensar e antes que o tempo acabe achar saídas para os desafios. As armadilhas e desafios são bem elaborados, bem difíceis e realmente faz os participantes pensarem e agir rapidamente para não morrer, ponto para “Arisu” que por ser um gamer viciado tem facilidade de decifrar os códigos e leva a série inteira dessa forma, decifrando e ajudando a todos que pode, não deixa ninguém pra trás.

Em determinado ponto da série “Arisu” e seus amigos acabam conhecendo “Usagi” Tao Tsuchiya, uma escaladora e amante de esportes, forte e destemida,  na minha opinião ela e Arisu são os melhores de toda a série.

Como é de se esperar em séries e filmes do estilo, chega um ponto que o personagem principal tem que perder alguém, isso não tem jeito, e aqui todos os 3 amigos de “Arisu” são mortos em um jogo, o momento mais emocionante da série, deu pra perceber que os atores se esforçaram pra entregar um bom resultado e na minha opinião fizeram muito bem.

Leia Também:   Monster Hunter: Leia nossa crítica sobre o filme de Milla Jovovich

A partir deste ponto são “Arisu” e “Usagi” lutando para sobreviver e achar um meio de sair vivos do game. Eles chegam á um lugar chamado “A praia” onde é um regimento ditador , devem servir a um líder supremo vivido por “Nobuaki Kaneko” e seus capangas fortemente armados, eles participam do jogo e exterminam os demais participantes como parte de alguns desafios.

Esta parte da série talvez seja a parte mais complicada de se assistir, é onde se concentra os piores e mais chatos participantes, atuações bem toscas e sem graça de alguns.  O personagem “Chishiya” é o mais sem graça, cara de morto, lerdo, não sei, da raiva dele kkk.

A praia reserva vários desafios e surpresas para os participantes, é onde as coisas começam a se desenrolar e caminhar para um final mais explicativo, mas….

 

 

 

The Walking Dead: World Beyond – Uma série com potencial, mas mal aproveitada – Critica

Bom , a série tem seus pontos fortes, são vários e vários e superam sem dúvida os pontos fracos que não são tantos assim, alguns personagens rasos e caricatos, e alguns momentos que acabaram exagerando um pouco ao meu ver, como o momento onde o cara dá um monte de tiros em um tigre e não mata, mas ai ele da um soco e mata? Quê? enfim, são momentos que não alteram todo o contexto da série.

O final deixou uma lacuna para sem dúvida uma segunda temporada, nada foi devidamente explicado, como e porque  surgiu o game? onde todo mundo está? quem realmente é a cabeça por trás de tudo? Uma das mulheres que está na praia é apresentada como a possível líder de tudo que está acontecendo , mas se foi explicado a razão é o real motivo de tudo aquilo estar acontecendo eu realmente não vi. Ao final ao invés deles conseguirem sair do game, são colocados novamente no jogo só que desta vez o jogo de cartas será com as imagens, ou seja, bem mais difícil ao que parece, o que nos leva a esperar realmente uma segunda temporada.

Leia Também:   O Gambito da Rainha não terá segunda temporada, afirma o diretor

Eu realmente gostei da série, da pra você maratonar sem nem perceber, o mercado oriental está repleto de conteúdo bom, e esta série é um deles, os efeitos são muito bons, tem boas cenas de ação, drama necessário na dose certa e uma boa história.

A Netflix ainda não anunciou oficialmente uma segunda temporada, então resta aguardar.

Por enquanto é isso. Grande abraço a todos.

 

Elenco - 9
Enredo - 9
Direção - 9
Produção - 9
Fotografia/Áudio - 8

8.8

User Rating: Be the first one !

Agamortis

Profissional de TI, amante de filmes de terror de gostos e qualidades duvidosas, séries, super-heróis e memes, muitos memes. Este site é para reunir tudo no mesmo local.

Artigos relacionados

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Botão Voltar ao topo