Lance Bruner: O Robin que a história esqueceu

Lance Bruner O Robin que a historia esqueceu
Lance Bruner O Robin que a historia esqueceu
Continua após a publicidade..

Apesar da imensa popularidade dos vários personagens da DC Comics para ganharem o apelido de Robin, parceiro do Batman, há um Robin que passou batido sob o radar e não deixou sua marca na franquia, o problemático adolescente Lance Bruner. Muitas vezes considerado o ‘protótipo de Jason Todd’, Lance Bruner foi lançado em The Brave and the Bold #83 (Bob Haney, Neal Adams, Petra Scotese e Ben Oda) como um arrogante delinquente de quem Bruce Wayne se tornou guardião depois que o pai de Lance morreu. Bruce teria que resistir às contravenções constantes de Lance, desde destruir artefatos preciosos mantidos na Mansão Wayne até fingir seu próprio sequestro.

Lance continuou testando a paciência de Bruce até que ele estivesse pronto para mandá-lo para um reformatório e se livrar dele. No entanto, essa ameaça fez Lance revelar que teve uma infância negligenciada sem figuras paternas reais. A mãe de Lance morreu quando ele tinha dois anos e a carreira de seu pai como professor de arqueologia significava que ele estava ausente durante os anos de formação de Lance. Com essas novas informações trazidas à tona, Bruce começou a tentar seriamente fazer um esforço para moldar e fazer de Lance uma pessoa melhor. Isso incluiu fazê-lo trabalhar em lojas de caridade e ajudar o mordomo de Bruce, Alfred, com as tarefas da casa.

Mas Lance decidiu que queria se vingar de Bruce. Depois de parar acidentalmente na Batcaverna, Lance decidiu usar essa informação para fazer um acordo com o criminoso internacional, Grantland Stark. Ele alegou que poderia monitorar os movimentos de Batman e Robin e garantir que eles não interferissem no sequestro ilegal de petróleo em troca de dinheiro.

Continua após a publicidade..

Lance finalmente percebeu o erro de ter tomado este caminho quando viu Robin levar um tiro destinado a Batman depois que Lance disse a Grantland Stark que a dupla dinâmica estava em uma de suas fábricas de óleo. Mudando sua percepção do que significa respeitar e amar alguém, Lance pegou a roupa de Robin e tentou vingar seu irmão adotivo ferido. Tragicamente, apesar de rastrear e pular sobre o criminoso internacional, Lance sofreria um ferimento de bala no estômago. Isso resultaria em sua morte nos braços de Batman depois que Stark foi incapacitado.

Lance Bruner: O Robin que a história esqueceu

Nos últimos momentos de Lance, ele tentou se reconciliar com Batman e se desculpou pelo erro que cometeu. A morte de Lance Bruner no final da edição foi feita para agir como uma trágica curva de aprendizado para Batman que, apesar de seus melhores esforços para ver o melhor nas pessoas, às vezes pode ser tarde demais para eles verem o melhor em si mesmos. Isso levou Batman a colocar um pequeno memorial para lance no jardim fora da Mansão Wayne para lembrá-lo desta lição. Este gesto foi semelhante a quando Batman fez outro memorial para Jason Todd dentro da Batcaverna quase vinte anos depois.

Infelizmente para Lance, sua representação inicialmente única como uma versão problemática de Dick Grayson seria re-apropriada por seu sucessor Jason Todd em 1987. Jason Todd se tornaria amplamente reconhecido como o verdadeiro segundo Robin do Batman e se tornaria um personagem legado muito mais influente no Universo DC. Com a recepção aparentemente positiva dos fãs do personagem, como mostrado na coluna de cartas de The Brave and the Bold #86por que Lance Bruner se tornou uma figura tão desconhecida? Por que ele não deixou sua marca nos mitos do Batman enquanto seu sucessor Jason Todd se tornou um ícone?

Continua após a publicidade..

Em grande parte, o principal  motivo não veio de sua caracterização, mas sim do fato de que ele foi introduzido e morto muito rapidamente. Os fãs nunca tiveram tempo de atribuí-lo como um membro oficial da família do Batman. Ele só apareceu em uma única edição antes de ser morto. O tempo mais longo gasto com Jason Todd como Robin, bem como seu assassinato violento e gráfico nas mãos do Coringa, permitiu que o personagem deixasse um impacto muito maior nos fãs de quadrinhos do que Lance. Enquanto um pequeno grupo de fãs ainda se lembra desse Robin loiro, é improvável que Lance Bruner seja visto nos quadrinhos novamente, com seu papel amplamente preenchido pela infinidade de membros muito mais reconhecíveis da família de Batman.

Sou um amante de séries, filmes, games, doramas, k-pop, animes e tudo relacionado a cultura pop, nerd e geek.