HQ/Quadrinhos

DC confirma que Robin de Tim Drake é bissexual

Tim Drake, o terceiro Robin, tem passado por um sério exame de consciência, e agora em Batman: Urban Legends # 6, ele está confirmado como bissexual!

Aviso: contém spoilers de Batman: Urban Legends #6!

A DC confirmou que Tim Drake, a terceira pessoa a carregar o manto de Robin, é bissexual. Na terceira parte de ‘Sum of Our Parts’, aparecendo em Batman: Urban Legends #6, Tim resgata um velho amigo das garras do Monstro do Caos, e os leitores descobrem que sua amizade está florescendo em algo mais. A edição já está à venda na versão impressa e digital.

Tim Drake é o terceiro – e muitos fãs dizem ser o melhor – Robin, seguindo Dick Grayson (agora conhecido como Asa Noturna) e Jason Todd (agora o Capuz Vermelho).) Ele apareceu pela primeira vez em Batman #436 de 1989 e foi criado por Marv Wolfman e Pat Broderick. Batman o trouxe como Robin pouco tempo depois de sua estreia, mas o fez passar por um processo de treinamento muito mais longo do que seus antecessores. Tim teria uma carreira distinta como Robin, mas foi, em última análise, uma baixa do New 52, o que retomou seu tempo como Robin como se nunca tivesse acontecido. No entanto, com a história se reiniciando na era da Fronteira Infinita, o tempo de Tim Drake como Robin foi restabelecido na continuidade. Tim tem questionado não apenas seu papel no exército do Batman, mas também sua vida em geral. Nas edições anteriores, Tim convidou Bernard, um velho amigo para jantar, mas Bernard foi capturado pelo Monstro do Caos. A história é escrita por Meghan Fitzmartin, com arte de Belen Ortega, cores de Alejandro Sanchez e cartas de Pat Brosseau.

Em Batman: Urban Legends # 6, Tim rastreou o Monstro do Caos até seu covil, e bem a tempo quando o vilão está prestes a sacrificar Bernard. Tim joga bombas de fumaça nele, criando caos e confusão o suficiente para entrar e libertar Bernard. Tim luta contra os capangas do Monstro do Caos e, para sua surpresa, Bernard acerta  alguns também – ele diz a Tim que “tem treinado”. Bernard também diz: “Gostaria que tivéssemos terminado nosso encontro”, e Tim sorri. Mais tarde, depois que a poeira baixou e a ameaça do Monstro do Caos foi embora, Tim Drake vai para a casa de Bernard. Tim diz que tem repensado muito sobre sua vida e que espera “descobrir isso”. Bernard então convida Tim para um encontro, e Tim aceita.

Leia Também:   Marvel: conheça o esquadrão Savage com Justiceiro, Elektra e outros

O relacionamento de Tim Drake com Stephanie Brown (que se tornaria Batgirl), Robin e Batgirl – foi o seu mais famoso nos quadrinhos até agora, e este relacionamento com Bernard é o primeiro a confirmar sua bissexualidade. A revelação da bissexualidade de Tim chega em um momento de sua vida em que muita coisa está no ar. Tim tem lutado para se encontrar e onde exatamente ele se encaixa, tanto na cidade fictícia de Gotham quanto em um ambiente editorial onde parecia que ninguém sabia muito bem como fazer Drake se formar e ser o parceiro de Batman como os Robins antes dele.

Agora, depois de ter sido afastado dos “Bat-Books” pela maior parte da década, Tim Drake voltou com força total, com o escritor James Tynion IV revelando que o personagem está se encaminhando para uma exposição cada vez maior. Revelar a bissexualidade de Tim Drake, e ainda formar identidade, é claro uma vitória para a representação LGBTQ +, e esperançosamente um sinal do compromisso renovado da DC com o Robin que mais sentiu falta no papel.

Agamortis

Profissional de TI, amante de filmes de terror de gostos e qualidades duvidosas, séries, super-heróis e memes, muitos memes. Este site é para reunir tudo no mesmo local.

Artigos relacionados

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Botão Voltar ao topo