Séries

Como Arcane muda a história de League of Legends

O que há de novo com seus campeões favoritos de League Of Legends? e como a animação altera a lore original

A primeira parte de Arcane deu vida às histórias de League of Legends em uma animação vibrante. Contando a história das irmãs Jinx e Vi, Arcane promete mergulhar na história do jogo de 12 anos como nenhum de seus eventos ou curtas-metragens ainda o fez. A Parte Um começou a examinar alguns personagens favoritos dos fãs, incluindo Vi e Ekko em seus primeiros anos, mas também mudou alguns detalhes sobre as histórias previamente estabelecidas. Aqui está tudo que você precisa saber sobre como Arcane mudou a lore de League of Legends.

A História da Hextech

A Hextech, uma forma de tecnologia alimentada por cristais chamados hexcores, é central para a identidade de Piltover, a Cidade do Progresso. A Hextech também provou ser uma importante faceta da primeira parte de Arcane, ambientada em Piltover e sua cidade irmã Zaun, mas a série mudou drasticamente a história de como eles foram descobertos.

Em Arcane, a descoberta da hextech é um dos eventos climáticos, com os poderes secretos dos hexcores descobertos pelos jovens cientistas Jayce e Viktor. Na história estabelecida, no entanto, a descoberta de hexcores e o desenvolvimento da hextech teria ocorrido bem antes de Jayce entrar na famosa Academia de Piltover. Os hexacores foram descobertos pela primeira vez pelo Clã Ferros, cuja descoberta e senso comercial implacáveis fizeram deles uma das famílias mais ricas e influentes de Piltover. A descoberta dos hexcores não veio sem um custo, no entanto. Eles foram colhidos no deserto de Shuramian de um tipo de criatura cristalina conhecida como brakern. O Clã Ferros estava efetivamente arrancando os corações do brakern, o que levou a um deles, Skarner, a acordar e buscar vingança por seus irmãos mutilados. A fonte dos cristais de Jayce não foi revelada, então eles ainda podem estar relacionados ao Brakern, mas alterar a descoberta do hextech também muda o papel do Clã Ferros na história e o de outro campeão, Camille.

Camille era a protetora do Clã Ferros, uma jovem brilhante tão perigosa quanto elegante. Nascida várias gerações depois que a família descobriu hexcores, Camille cresceu acreditando em sua família e sua posição na sociedade. Para melhor protegê-los, ela passou por uma série de operações que lentamente substituíram seu corpo por hextech até que pouco de seu corpo biológico foi deixado, tornando-se um assassino que se escondia nas sombras, sempre protegendo o Clã Ferros por qualquer meio necessário.

Leia Também:   Crítica de Round 6: Nova série da Netflix não desperdiça sua premissa brutal

Agora que Jayce desenvolveu hextech, no entanto, Camille e sua família essencialmente não existem no mundo de Arcane, pelo menos não como eles são apresentados na história até agora. Para apresentar Camille exigiria uma reformulação quase completa de seu passado e história, o que faz desta uma das maiores mudanças na história estabelecida da Lore que Arcane fez.

Passado de Jinx

Em League of Legends, a jovem Powder crescerá e se tornará uma das campeãs mais icônicas, Jinx. Uma residente maníaca de Zaun, Jinx é conhecida por causar estragos em Piltover com seu armamento criativo e desrespeito pelos outros. Arcane forneceu respostas para algumas partes da história de Jinx que foram anteriormente deixadas para serem mistérios, ou seja, como ela se tornou o que ela é e por que ela é obcecada por Vi.

Arcane revela que Jinx e Vi são irmãs e que um jovem Jinx foi aparentemente adotado por um vilão chamado Silco, cujo desejo é claramente fazer com que os cidadãos de Piltover respeitem Zaun através de uma força bruta e sangrenta. Isso dá um contexto extra à personalidade de Jinx, fazendo com que se sinta menos como se ela tivesse aleatoriamente dados traços de personalidade e fazendo de sua mentalidade instável o resultado de um trauma pessoal. Amarrando sua obsessão com Vi a elas serem irmãs em vez de um mistério como tinha sido na história previamente estabelecida também dá a Jinx muito mais espaço para crescer como um personagem.

Passado de Vi

A revelação de Jinx e Vi sendo irmãs muda ambas as histórias, mas a história de Vi também sofre outra mudança, ou seja, no destino de sua gangue e na introdução de Vander. Na história original, Vi era o chefe de uma pequena gangue que fez parceria com outra gangue de Zaun, os Demônios de Factorywood, para realizar um assalto ousado. Mas o trabalho deu terrivelmente errado quando os parceiros de Vi a traíram e colocaram em risco a vida de pessoas inocentes e sua gangue. Depois de distribuir uma surra que se tornou infame nas ruas de Zaun para os Demônios de Factorywood, Vi desapareceu por vários anos até ressurgir como um dos Executores de Piltover.

Leia Também:   O que queremos ver na quarta temporada de 'Cobra Kai'

Arcane muda quase toda essa história. Vander, um homem gentil que abriga Vi e sua gangue depois que eles perdem seus pais em uma batalha entre Piltover e Zaun, é o catalisador dessas mudanças, principalmente à medida que sua inclusão muda o contexto do confronto para Vi e sua gangue. Em vez de um simples assalto de rua, a sequência se torna uma missão desesperada de resgate para salvar Vander de Silco, embora o final não seja menos trágico. Depois que a missão vai para o sul, quando Powder tenta ajudar e detona uma bomba mágica, toda a gangue de Vi, incluindo Vander, cumprem fins sangrentos. Em última análise, essa mudança é uma benção para a história de Vi, adicionando mais nuance e caráter do que um assalto de rua normal teria.

Agamortis

Profissional de TI, amante de filmes de terror de gostos e qualidades duvidosas, séries, super-heróis e memes, muitos memes. Este site é para reunir tudo no mesmo local.

Artigos relacionados

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Botão Voltar ao topo