Quadrinhos

Por que a morte de Ms. Marvel nos quadrinhos já é tão polêmica

A morte de Ms. Marvel é um grande choque para o Universo Marvel e para os fãs, e a controvérsia está enraizada em uma série de questões sérias.

Atenção: SPOILERS de Espetacular Homem-Aranha #26

A Marvel Comics anunciou oficialmente a morte de Ms. Marvel, gerando grande polêmica antes mesmo da história ser contada. A morte de Kamala Khan é um grande choque para o Universo Marvel e para os fãs da Marvel, e a polêmica está enraizada em uma série de questões sérias.

Após o clímax mortal de O Espetacular Homem-Aranha #26 (de Zeb Wells, John Romita Jr., Scott Hanna, Marcio Menyz e Joe Caramagna) vazar nas redes sociais, a Marvel anunciou oficialmente a morte da amada personagem Ms. Marvel. A editora também anunciou um próximo especial a ser lançado em julho intitulado Fallen Friend: The Death of Ms. Marvel #1 por G. Willow Wilson, Saladin Ahmed, Mark Waid, Humberto Ramos, Takeshi Miyazawa e Andrea Di Vito, com capa principal de Kaare Andrews.

Os fãs encararam este anúncio com muita indignação; entre acusações de “fridging” (quando uma personagem feminina é morta como um artifício da trama para promover o arco emocional de um personagem masculino) e preocupações de que a morte de Ms. Marvel nos quadrinhos possa ser ditada pelas necessidades de sinergia do MCU, os fãs estão observando uma série de problemas sérios com a ótica desse plot twist.

Fallen Friend- The Death of Ms. Marvel #1

A morte de Ms. Marvel significa algo diferente de outras mortes famosas da Marvel

Kamala Khan tem encantado os leitores desde que assumiu o título de Ms. Marvel em 2014. Desde sua carreira solo original, Kamala se juntou aos Vingadores, aos Campeões e até ao Universo Cinematográfico Marvel, onde estreou, em um afastamento de suas origens nos quadrinhos, como uma mutante no programa Ms. Marvel Disney+. Mais recentemente, ela tem aparecido como personagem coadjuvante em O Espetacular Homem-Aranha, que em breve contará com sua morte. O especial de Fallen Friend faz parte de uma longa tradição na Marvel, já que outros personagens notáveis como Capitão América e Doutor Estranho também foram celebrados em especiais semelhantes.

fallenfriend2023001_cover

Mas o que torna a morte de Ms. Marvel diferente e muito controversa é seu papel na metanarrativa da Marvel Comics. Kamala Khan é indiscutivelmente a super-heroína muçulmana mais proeminente do mundo, especialmente após sua estreia no MCU, e ela é um farol para mulheres jovens – especialmente para aquelas que podem estar lendo quadrinhos pela primeira vez. Agora, em uma história que está claramente sendo anunciada como um verdadeiro espetáculo, a Marvel está matando uma jovem muçulmana para promover o arco emocional de um homem branco mais velho. Essa é a própria definição de “fridging”, um tropo que, na verdade, deriva seu rótulo de uma história dos Lanternas Verdes dos anos 90. Ms. Marvel nem chega a morrer com dignidade em sua própria história; essa história coloca o Homem-Aranha em seu centro, visual e narrativamente. A ótica dessa escolha, apesar dos méritos da próxima edição, é irrefutavelmente controversa – se não francamente terrível.

Morte de Ms. Marvel prova que quadrinhos de super-heróis ainda têm um grande problema

Notavelmente, e como homenageado nesta capa de John Romita Jr. para o infame The Amazing Spider-Man #26, já se passaram 50 anos desde a morte de Gwen Stacy. Ms. Marvel está se juntando a uma longa linha de mulheres e personagens negras que morreram a serviço das narrativas de outros personagens. Além dessa significativa polêmica social, os fãs também estão preocupados que a inevitável ressurreição de Ms. Marvel mude as origens de seus poderes para melhor se adequar ao MCU, potencialmente provando que os quadrinhos se tornaram secundários às necessidades do MCU. De qualquer forma, a morte de Ms. Marvel já está provocando conversas essenciais sobre representatividade nos quadrinhos, mesmo sugerindo que os quadrinhos não chegaram tão longe quanto a namorada do Lanterna Verde poderia esperar.

Por que a morte de Ms. Marvel nos quadrinhos já é tão polêmica

The Amazing Spider-Man #26 estará disponível em 31 de maio na Marvel Comics.

 

Acelino Silva

Sou um amante de séries, filmes, games, doramas, k-pop, animes e tudo relacionado a cultura pop, nerd e geek.
Botão Voltar ao topo