Séries

Loki já é o projeto mais importante da Fase 4 da Marvel até o momento

A ambiciosa premissa de Loki segue com um final que entrega elementos de mudança de jogo para o MCU maiores do que qualquer projeto anterior.

AVISO: o seguinte artigo contém spoilers para o episódio 6 de Loki, “For All Time. Always”, transmitido agora no Disney +.

Com um projeto tão extenso de várias décadas como o MCU, não é de se admirar que os fãs tratem cada nova parcela como se ela tivesse o potencial de mudar todos os projetos futuros. Mas ao construir esse tipo de hype para WandaVision e Falcão e o Soldado Invernal, os fãs saíram desses finais com uma sensação de anticlímax. Felizmente, Loki cumpre essa promessa, já que seu final não foi apenas uma mudança de jogo em grande parte, mas também tornou a série o projeto mais importante da Fase 4.

WandaVision é talvez o melhor exemplo de implicações massivas e eventos de mudança mundial previstos para uma história que no final provou ser relativamente autocontida em seu escopo. Enquanto os fãs traçavam paralelos com os eventos de quadrinhos nos esforços para prever o colapso de Wanda em cascata para o colapso da própria realidade, o que se seguiu foi uma história orientada pelo personagem focada mais nos desenvolvimentos do luto do que qualquer outra coisa. Ao isolar a personagem na cabine enquanto explorava ainda mais seus poderes, revelando sua natureza mágica e apresentando ainda mais a Visão Branca, o show foi mais uma provocação para o que está por vir.

O final de Loki, por outro lado, saiu dos trilhos quando se trata de seu efeito no resto do MCU. Atingindo o solo explorando as implicações da viagem no tempo configurada em Avengers: Endgame, a série terminou com um estrondo, tendo o poder supremo por trás da Autoridade de Variância de Tempo mudado conforme a infraestrutura de ordem e caos no próprio multiverso mudava. Confrontar o criador da TVA e matá-lo antes de substituí-lo instantaneamente por Kang, o Conquistador, com a promessa de uma Guerra Multiversal no horizonte, é o maior risco que a série poderia ter.

Leia Também:   O Doutor Destino acabou de levar o poder do Quarteto Fantástico ao limite

Mesmo Falcão e o Soldado Invernal eram muito mais autossuficientes em comparação. Fornecer um novo Capitão América na forma de Sam Wilson pode ser uma mudança bem-vinda, mas na verdade é apenas uma reorganização do status quo. Em Loki, o final termina com conexões diretas aos projetos planejados. A mais óbvia e imediata seria What If…? que irá explorar as realidades alternativas divergentes da Linha do Tempo Sagrada, mas mesmo grandes franquias como Homem-Aranha e Doutor Estranho parecem estar se concentrando nos mesmos tipos de ameaças multidimensionais que estão na frente e no centro de Loki.

Talvez não houvesse figura mais influente ao longo das três primeiras fases do MCU do que Thanos, fornecendo um antagonista final para a megatrilogia crescer. Ao criar Kang, Loki não apenas apresenta o vilão principal da Fase 4, mas dá ao público uma visão mais detalhada de quem ele é e como ele é do que as provocações do Titã Louco no final de Os Vingadores ou durante os Guardiões da Galáxia. De muitas maneiras, Loki cumpre expectativas além do que os fãs poderiam ter imaginado.

Como é importante mencionar em uma época em que ficar um passo à frente dos planos do estúdio com elaboração de teoria especializada parece ser uma preocupação central para os fãs, vale a pena mencionar que o impacto no MCU geral não tem influência na qualidade ou prazer do trabalho individual. Muitos fãs amaram WandaVision e Falcão e o Soldado Invernal pelo que eles eram e divorciaram essa diversão das implicações maiores de sua história. Mas não há como negar que esses eventos de mudança de jogo carregam um certo grau de exagero por uma razão. Loki deixa os fãs imediatamente famintos por mais, e parece que o MCU está pronto para entregar.

Leia Também:   Os 50 melhores episódios de 'The Office', classificados

Com o final de Loki mudando o status quo do MCU, a série recebeu luz verde para uma segunda temporada, que ainda não recebeu uma data de lançamento.

Artigos relacionados

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Botão Voltar ao topo