Games

1º de janeiro será um dia triste para alguns fãs de CS:GO

Com o Counter-Strike: Global Offensive (CS:GO) recentemente atualizado alcançando alturas nunca antes vistas, uma mudança iminente ameaça desanimar alguns jogadores dedicados. Atualmente, tanto o CS:GO quanto seu sucessor, CS2, funcionam sem problemas, mas essa coexistência pacífica está prestes a sofrer uma mudança significativa e iminente.

Lançado há mais de dez anos, o CS:GO manteve uma posição inigualável como o jogo de tiro mais popular em competições. No entanto, ao longo dos anos, os fãs se frustraram cada vez mais com certos problemas recorrentes, sendo o principal deles a falta de servidores de 128 ticks, o que prejudica bastante a experiência de jogo. O lançamento do CS2 trouxe uma revisão total, com gráficos melhorados, mecânicas aprimoradas e, crucialmente, a introdução de uma arquitetura de tick superior que resolveu vários dos problemas que há muito atormentavam os servidores de 64 ticks. Apesar disso, também recebeu sua cota de críticas da comunidade. Como resultado, uma parcela notável de jogadores continua a voltar ao CS:GO original, destacando um carinho duradouro pela versão clássica do jogo.

Na página de suporte oficial do Counter Strike no Steam, a Valve esboçou o futuro do CS:GO, revelando que o suporte oficial para o jogo será interrompido a partir de janeiro. Embora o CS:GO continue acessível, a empresa alerta que algumas funcionalidades, especialmente aquelas associadas ao Coordenador de Jogo, como os inventários dos jogadores, podem não operar adequadamente. Isso sugere que, mesmo que os jogadores possam transferir seus inventários do jogo de CS:GO para CS2, o contrário provavelmente não será possível no futuro. Além dessas informações, a Valve não forneceu uma descrição detalhada de todos os possíveis efeitos decorrentes dessas alterações.

counter strike 2
counter strike 2

As limitações do CS2, notavelmente sua falta de suporte para hardware mais antigo, como DirectX 9 e sistemas operacionais de 32 bits, representam um inconveniente significativo para muitos jogadores. Esse aspecto ganha particular relevância considerando que, apesar da ausência de matchmaking oficial, vários jogadores continuaram a favorecer o CS:GO para seus servidores comunitários. Esses servidores são parte integrante do ecossistema do jogo, oferecendo uma ampla gama de experiências, desde telas regulares até servidores de retomada exclusivos e vários outros modos de jogo, todos os quais contribuem para a jogabilidade rica e diversificada que os entusiastas de CS:GO prezam.

“Após 1º de janeiro de 2024, o jogo ainda estará disponível, mas certas funcionalidades que dependem da compatibilidade com o Coordenador do Jogo (por exemplo, acesso ao inventário) podem se degradar e/ou falhar.” – Valve

A ausência antecipada de suporte de inventário no CS:GO pode afastar gradualmente os jogadores, potencialmente levando a um declínio na população de servidores da comunidade também. Isso não significa necessariamente o fim do jogo por completo, já que os jogadores ainda podem se envolver na jogabilidade sem partidas oficiais, semelhante à experiência em Counter-Strike Source. No entanto, essa mudança simboliza o fim de uma era, marcando um ponto de virada significativo no legado de um jogo que definiu uma geração de jogos de tiro em primeira pessoa competitivos.

Acelino Silva

Sou um amante de séries, filmes, games, doramas, k-pop, animes e tudo relacionado a cultura pop, nerd e geek.
Botão Voltar ao topo