Krypto: Como o melhor amigo do Superman chegou à Terra

Krypto DC Comics
Krypto DC Comics

Cães são conhecidos mundialmente como os melhores amigos do homem, por isso não é surpresa que o mesmo possa ser dito para os kryptonianos. Com a Liga dos Super Pets da DC chegando aos cinemas no final de julho, parece que agora é o momento certo para explorar a origem de Krypto, o Superdog, companheiro canino do Superman.

O personagem tem uma história expansiva, tendo aparecido pela primeira vez em Adventure Comics #210 por Otto Binder e Curt Swan em 1955. Ele apareceu em live-action ao lado do Superboy na série Titãs da HBO Max, e também teve seu próprio programa de animação no passado. Nos quadrinhos, Krypto é tipicamente retratado como um Labrador Retriever, porém, sua raça nunca é explicitamente declarada e tende a mudar entre artistas. Em algum momento ele até foi retratado como um lobo.

As origens pré e pós-crise de Krypto são relativamente semelhantes. Ele era o cão da família da Casa dos El em Krypton e foi usado como cobaia para o foguete que eventualmente enviaria o Super-Homem para a Terra. Seu foguete saiu do curso, no entanto, e ele ficou sem rumo no espaço até que sua nave pegou um sinal da nave de Kal-El na Terra. Krypto chegou à Terra quando Clark era um adolescente e os dois se uniram imediatamente. Com o passar dos anos, Krypto foi eventualmente passado de Clark para Conner Kent, que havia se mudado recentemente para Smallville.

Clark acreditava que a pequena cidade era melhor para um cão do que Metrópolis ou a Fortaleza da Solidão, e que Conner estava precisando de um amigo. Connor foi inicialmente contra a ideia, no entanto, os dois eventualmente desenvolveram um vínculo próximo. A origem do personagem no New 52 difere. Embora ele continue sendo o cão da Casa dos El, ele é encontrado pelo Super-Homem dentro da Zona Fantasma. Ele é atualmente o cão da família de Lois, Clark, e seu filho Jon e recentemente apareceu em Supergirl: Woman of Tomorrow, acompanhando Kara no espaço.

Os poderes de Krypto espelham os do Super-Homem, pois ambos os ganham com o sol amarelo da Terra, embora seus poderes sejam reduzidos para se adequarem ao tamanho de seu corpo. Ele possui super força, voo, visão de calor, super velocidade, e muito mais. Isso fez com que treiná-lo fosse um grande problema para o Clark adolescente. Durante a Era de Prata, ele espelhou ainda mais o Superman, ele tinha sua própria Doghouse of Solitude, e um arqui-inimigo chamado Destructo, que era o cachorro de Lex Luthor.

Ele até teve aventuras solo, como visto em Super-Sons Annual (por Peter Tomasi, Paul Pelletier, Cam Smith e Hi-Fi Design), onde Krypto, Bat-Cow e Titus investigam uma série de sequestros de animais em Gotham. É revelado que os animais superpoderosos anteriormente tinham sua própria equipe, a Liga dos Super-Pets, que contava com Plastic-Bird, Bat-Hound, Clay Critter, Krypto, Bat-Cow e Streaky the Super-Cat. O grupo se desfez após a morte de Clay Critter, no entanto, se reúnem e são capazes de resgatar os animais capturados.

Personagens como Krypto são um exemplo da natureza leve dos quadrinhos. Enquanto muitos filmes e programas relacionados a quadrinhos tentam fornecer uma visão realista sobre super-heróis, os quadrinhos em si apresentam elementos leves, como uma equipe de animais super-poderosos. No geral, ele desempenha um papel importante nos mitos do Super-Homem, tendo estado ao lado de Clark e seu elenco de apoio em alguns de seus momentos mais sombrios. Assim como os cães na Terra, Krypto prova que cães através da galáxia são companheiros dignos.

 

 

Sou um amante de séries, filmes, games, doramas, k-pop, animes e tudo relacionado a cultura pop, nerd e geek.
Sair da versão mobile